Posts

, , , , ,

Sandman – Prelúdios Noturnos: 24 Horas

A adaptação “24 Horas” é baseada em uma história criada por Neil Gaiman, e desenvolvida por fãs do quadrinho Sandman. Nela, um paciente psicótico que fugiu do Asilo Arkham decide se divertir à custa de seis clientes de um pequeno restaurante 24 horas.

Sandman Nº1 preludios e noturnos neil gaiman plano criticoSandman é uma multipremiada série de história em quadrinhos para adultos, escrita por Neil Gaiman e publicada pela editora Vertigo da DC comics. Entre os muitos ilustradores que já trabalharam na revista incluem-se Bill Sienkiewicz, Dave McKean, Sam Kieth, Charles Vess, Miguelanxo Prado, Jill Thompson, JH Williams III, Milo Manara, Mike Dringenberg, Shawn McManus, Marc Hempel e Michael Zulli. Suas histórias descrevem a vida de SONHO, o governante do Sonhar (o mundo dos sonhos) e sua interação com o universo, os homens e outras criaturas. Descrita como “história em quadrinhos para intelectuais” ela foi a primeira HQ a entrar na lista dos best-sellers literários do The New York Times.

Em 24 Horas, Gaiman escreveu sobre o Doutor Destino (John Dee), que antes foi internado no Asilo Arkham pela Liga da Justiça. Ele escapou de lá porque teve acesso a um rubi que pertencia a Morpheus (SONHO), realizando assim uma jornada de ódio e domínio da humanidade através dos sonhos. Uma trama realmente assustadora, onde todos revelam partes de suas personalidades escondidas (ou são forçados a revelá-las) e terminam mortos, dado o extremismo de com que isso acontece. Ao lado de O Sono dos Justos e Uma Esperança no Inferno, esta completa uma das melhores tríades da série de quadrinhos Prelúdios e Noturnos.

O filme foi criada por Evan Henderson e Nicholas Brown e não tem afiliação com Neil Gaiman, Vertigo Comics ou Warner Bros. O filme foi autoproduzido e desenvolvido, sem financiamento do Kickstarter ou de qualquer outro grupo. Segundo eles, tudo o que eles queriam era fazer uma história de Sandman ganhar vida. O filme segue a risca o roteiro do quadrinhos e por isso contém violência, gore, nudez, linguagem grosseira e temas sexuais. A discreção do visualizador é aconselhável.

Para mais informações visite a página dos idealizadores: facebook.com/24hourdiner

, , , , , , , , ,

Participe do lançamento da Rádio Geek!

Com uma equipe de especialistas do mercado de entretenimento, nova rádio reúne conteúdo exclusivo e faixa musical em uma programação 24h e 100% online.

Desenvolvida por grupo de empresas brasileiras, entra no ar nesta terça-feira a versão beta da Rádio Geek. Com programação feita por especialistas e 24 horas por dia, a rádio será uma plataforma 100% digital e focada no mercado geek.

Geek [giːk] – Aquele que está sempre à frente das pessoas comuns. Quem se torna um especialista em tudo o que é do seu interesse. (Fonte: Dicionário Michaelis)

Leia mais

, , ,

Os Poucos & Amaldiçoados. – Um projeto que vale a pena acompanhar!

Estava eu vagando pela imensidão da internet quando esbarrei com a chamada de um novo western pós-apocalíptico. Eu disse.  Opa! Isso me parece muito interessante. E fui olhar o que era principalmente porque sou fã das histórias da Torre Negra, uma das melhores obras de Stephen King que justamente mostra o mundo que passou e um pistoleiro bad ass e seu grupo de desajustados.

O que eu encontrei não só me surpreendeu como me deixou muito animado! Primeiro porque a história estava sendo criado por dois brasileiros, segundo porque era um quadrinho de altíssima qualidade que traz uma algo mais diferente e terceiro porque é uma protagonisma bad ass mulher! Resumindo, a série OS POUCOS & AMALDIÇOADOS fala sobre uma personagem, uma Caçadora de Maldições que como nos bons faroestes, vaga pelo mundo caçando tesouros, lendas, maldições e monstros!

O projeto já conseguiu financiamento no Catarse, duas vezes! E já está se tornando conhecido no mercado lá de fora através do Kickstarter – The Few and Cursed 1.

Esse é um projeto que vale a pena conferir, acompanhar e apoiar! Eu já fiz isso e vou continuar fazendo. Agora, quer saber mais sobre o projeto? Então clique e continue lendo mais detalhes sobre o projeto e seus criadores em uma entrevista exclusiva que fiz com Felipe Cagno! 😉

Leia mais

, , , , ,

Conheça e apoie o projeto GALICIA de Marsal Alves Branco

Finalmente mais um dos projetos que eu estava esperando ficou pronto e lançou seu projeto online no Catarse! Esperado por duas razões. Primeiro porque foi criado por um grande amigo e segundo porque tem  uma qualidade e uma “magia” que apreciei demais. Esse é o mundo de Galicia criado por Marsal Alves Branco, um grande artista brasileiro que resolveu me mandar algumas informações que agora compartilho com todos.

Espero que gostem! 😉

Leia mais

, , ,

A última hora na vida de um Nerd.

Recentemente finalizei mais um conto no Wattpad intitulado “A última hora na vida de um Nerd” onde levanto a seguinte pergunta:

O que você faria se soubesse que o mundo vai acabar? Pior, quais pensamentos você teria se soubesse que tudo o que você gosta, vai desaparecer em apenas uma hora?

O que você faria numa situação dessas? Foi exatamente isso que fiquei pensando.

Leia mais

, , , , , ,

Contos de Fadas não são histórias infantis.

1. Contos de Fadas não são brincadeira.

lobo mau

Lobo Mau?

A origem dos contos de fada nunca foi uma brincadeira de criança porque as tramas criadas pelos camponeses envolviam muitas vezes cenas de sexo, violência e fome.

Os detalhes violentos e libidinosos das histórias que povoavam aquela época foram criados e passados de geração para geração por trabalhadores analfabetos, que se sentavam à noite em volta de fogueiras para contar histórias. Nestas reuniões, ou veillées como era chamado pelos franceses, as mulheres narravam seus casos enquanto fiavam e teciam, o que originou expressões como “tecer uma trama” e “costurar uma história”.  Enquanto isso, os homens consertavam suas ferramentas ou quebravam nozes sem descanso pois, aquele era o universo dos camponeses franceses pré-Revolução, nos séculos 17 e 18. Leia mais

, ,

Os Vingadores 2: A Era de Ultron. Um filme épico e cheio de referências nerds!

Esse é um artigo livre de Spoilers e cheio de robôs assassinos. Leia sem preocupação!

Pode ler que eu cuido do Hulk!

Pode ler que eu cuido do Hulk!

“Os Vingadores 2: A Era de Ultron” estreou na última quinta-feira no Brasil e até agora levou mais de 2 milhões de pessoas ao cinema em apenas alguns dias. Até o momento, segundo o site deadline.com, ele está tendo um resultado 44% melhor do que o primeiro filme dos Vingadores. Por causa dessa comparação ficam duas perguntas: O filme é realmente melhor do que o primeiro filme? E ainda. O filme vai resolver um pouco  das diversas perguntas que surgiram no primeiro filme?

Para responder isso devemos lembrar que os Vingadores foram criados pela Marvel Comics para os quadrinhos por Stan Lee, Jack Kirby e Dick Ayers, em 1963 como uma resposta à Liga da Justiça da DC Comics. Diferente de outras equipes do universo Marvel, desde o início os Vingadores receberam reconhecimento oficial do governo, com autoridade aceita internacionalmente durante a maior parte de sua história e sempre foi reconhecido por reunir os “heróis mais poderosos da Terra”. Leia mais

, , ,

Pátria Armada: Guerra Civil e Super Poderes explodem nas ruas do Brasil!

Brasil em guerra civil!

  Guerra Civil! Super Poderes!  O que está acontecendo no Brasil?

“Bem vindo ao Brasil de 1994!

Não aquele Brasil que você conhece, mas um Brasil mergulhado numa guerra civil que já dura 30 anos.

Nesta realidade alternativa, o governo de João Goulart resolveu resistir aos militares golpistas em 64, dando origem a um conflito aparentemente sem fim.

Par causa da guerra, o país se desenvolveu, tornado-se uma potência militar, mas politicamente fragmentada como um Líbano, dividido entre os legalistas, que lutam contra os federalistas, que apoiaram o golpe.

Em 1973, ambos as lados atacam-se mutuamente com uma bomba química experimental.

Mais de meio milhão de pessoas morrem no ataque e no período que se segue. Uma onda de doenças genéticas e infertilidade varre o país, porém cerca de 50 crianças nascem com estranhas habilidades paranormais”.

Leia mais

, , , ,

Usagi Yojimbo – Um coelho samurai do Período Edo




Usagi Yojimbo (“coelho guarda-costa”) é uma série de quadrinhos dos anos 80 criada e desenhada pelo cartunista nipo-americano Stan Sakai. Aqui no Brasil alguns do livros do personagem já foram lançados pelas Editoras Via Lettera e Devir.

No Japão a série foi de grande sucesso, e o coelho Usagi, até apareceu em um episódio da série As tartarugas ninja.


Entre os admiradores públicos da série encontram-se Alejandro Jodorowsky, Matt Wagner, Sergio AragonésWill Eisner e eu! ;).

Usagi Yojimbo é a saga de um coelho samurai do Período Edo, no japão, na virada do século 16, fazendo analogia a história real do samurai Miyamoto Musashi, de forma divertida e cômica, sendo os humanos substituídos por animais.

Miyamoto Usagi, após a morte de seu mestre, Lorde Mifune, na batalha de Adachigahara, torna-se um ronin e sai Japão afora em suas andanças.

Encontrando aliados como Gennosuke, porém inimigos mortais, como Lorde Hikiji (rival do Lorde Mifune). Leia mais