Posts

, , , , ,

Conheça e apoie o projeto GALICIA de Marsal Alves Branco

Finalmente mais um dos projetos que eu estava esperando ficou pronto e lançou seu projeto online no Catarse! Esperado por duas razões. Primeiro porque foi criado por um grande amigo e segundo porque tem  uma qualidade e uma “magia” que apreciei demais. Esse é o mundo de Galicia criado por Marsal Alves Branco, um grande artista brasileiro que resolveu me mandar algumas informações que agora compartilho com todos.

Espero que gostem! 😉

Leia mais

, , , ,

Porque precisamos da Imaginação?

imaginar
verbo
  1. 1.
    transitivo direto
    formar imagem mental de (algo não presente); idear.
    “i. situações românticas”
  2. 2.
    transitivo direto
    descobrir, criar (algo abstrato); idear, inventar.
    “i. um enredo”

 

Imaginar é ser capaz de conceber algo em nossas mentes, de formar novas imagens e sensações bem lá no fundo. Imagens que não tem referência e que não são percebidas através dos nossos sentidos. E apesar de todos serem capazes de imaginar algo, poucas vezes pensamos sobre isso. Então, aqui vai a pergunta. Você sabe porque precisamos da imaginação? Leia mais

, , , ,

MODERNAS MALDIÇÕES – Um conto que brinca com os “bugs” e problemas da tecnologia.

Sabe quando você tem problemas com a sua internet? Ou quando você perde todos os seus arquivos do nada? Sabe quando todas as suas músicas estão corrompidas, seu pendrive derrete ou seu celular morre?

Existe uma razão pra isso, isso acontece porque você está sendo amaldiçoado.
Quer saber mais? Então clique e veja o que está acontecendo. 😉

Leia mais

, , ,

PORCELAIN UNICORN

O filme da semana foi vencedor do grande prêmio Philips Parallel Lines da competição internacional “Tell It Your Way” de 2010.

Para concorrer o curta-metragem precisa atender aos seguintes requisitos:

– Não ter mais do que três minutos de duração;
– Deve ser o mais cinematográfico possível;
– Ele deve apresentar os seguintes  diálogos e nenhuma outra linha:

“o que é isso?”, “É um unicórnio”, “Nunca vi um de perto antes”, “Beautiful”, “se afaste, se afaste”, “Me desculpe.” Leia mais

, , ,

O quão alto? O quão longe?

A história da humanidade é forjada através dos erros e conquistas de todos os seres humanos.

Enquanto alguns dizem “Isso é impossível!” outros perguntam “Vamos fazer de novo?”.

O quão alto? O quão longe? Essa é a pergunta que sempre me motivou e sempre vai me motivar. Espero que todos tenham a mesma visão, cada um no sua área e na sua especialidade.

Esse pensamento deveria guiar todos os nossos pensamentos…

Leia mais

, , ,

A misteriosa origem dos filhos D’água.

“A vida, senhor Visconde, é um pisca-pisca. A gente nasce, isto é, começa a piscar. Quem para de piscar chegou ao fim, morreu. Piscar é abrir e fechar os olhos. Viver é isso. É um dorme e acorda, dorme e acorda, até que dorme e não acorda mais […] A vida das gentes neste mundo, senhor Sabugo, é isso. Um rosário de piscados. Cada pisco é um dia. Pisca e mama, pisca e brinca, pisca e estuda, pisca e ama, pisca e cria filhos, pisca e geme os reumatismos, e por fim pisca pela última vez e morre”.
“E depois que morre?” perguntou o Visconde.
“Depois que morre, vira hipótese. É ou não é?”
Monteiro Lobato

Em muitas dessas histórias existe sempre a presença de figuras diferentes e encantadoras que às vezes são confundidas com os elementos da natureza.

Observamos muitas vezes que as lendas nos contam de belas mulheres feitas do vento sul, que com suas vestes flutuam silenciosas pelas campinas do mundo, outras vezes, podemos escutar histórias de seres feitos de fogo, que de tão belos tiveram seus amantes queimados num abraço.

O mitológico e poderoso Poseidon.

Nesse momento, vamos conhecer a história de um grupo de seres formados pelo elemento água, domínio do mitológico e poderoso Poseidon, que se misturou ao barro dos descendentes de Adão e que veio habitar os lagos e rios do Brasil. Leia mais

, , , ,

UM TEXTO QUASE PERFEITO.

gustave_dore_dante_cocytus_traitors

Pelas margens infinitas do Rio Procrastinate onde nada se move, nem a poeira, ondas ou espuma, caminhavam no prelúdio do processo de criação, duas figuras altas e magras chamadas de Imaginatio e Editio. Eram figuras estranhas, cuja aparência era tão etérea que quase não possuía forma definida, nenhuma sombra os acompanhava e seus pés não deixavam marcas na areia.

De onde vinham? Talvez uma rápida emoção as tivesse criado, ou talvez fossem filhas de uma memória antiga que apareceu em um arroubo de inspiração. Mesmo assim, conservavam o silêncio e a dignidade enquanto marchavam sem ruído observando e pensando no que poderiam fazer em breve.

Tudo isso acontecia no início da noite, naquela hora em que diferentes criaturas e situações borbulhavam, naquele universo que era a mente de um escritor.

Com a cabeça enfiada na areia, algumas ideias, gordas e vergonhosas se remexiam, criando assim uma sombra enorme, que refletia trêmula sobre as águas. Enquanto isso referências antigas, esticavam seus grandes tentáculos que pareciam, ao longe, estranhas vergas de junco, enquanto limpavam os longos bicos sujos de sangue e perscrutavam o deserto do esquecimento que existia além do pensamento.

Mas no interior daquela mente, o solo era fértil, e em alguns pontos estava nascendo um lindo campo de flores poesia, pequenos contos ou árvores história, encobrindo assim a secura do deserto e criando um profundo tapete de devaneios e vida, onde pequenas sementes germinavam e cresciam, fervilhando e alimentando um mundo de conteúdos novos e assustados que ainda reagiam com a emoção por estarem sendo quase finalizados.

Leia mais

, , ,

A Biblioteca dos sonhos

A  grande Biblioteca dos Sonhos

“E um poderoso trovão a distância se fez, alarmando o coração dos homens de bem e acordando todos os seres fantásticos que se escondem pelo mundo. Chegou a hora da revelação. O fim deste mundo e o início do próximo se aproxima”.

– Trecho de um livro de fantasia perdido nos corredores da grande biblioteca dos sonhos. –

Biblioteca dos Sonhos é uma referência a Sandman, uma revista de história em quadrinhos criada pelo escritor inglês Neil Gaiman em 1988 para a Vertigo, selo adulto da Editora DC Comics. Suas histórias descrevem a vida do Lorde Morpheus, o governante do Sonhar (o mundo dos sonhos) e sua interação com o universo, os homens e outras criaturas.

Em 2015 fará 27 anos que se deu início a saga Onírica que já foi aclamada pelo mundo todo. Para mim, é uma série que deixa muitas saudades e que ainda consegue atrair novos fãs no mundo todo.
Enfim, uma obra que merece toda a consagração dos fãs e da crítica especializada, pois nunca na história dos quadrinhos, houve uma saga tão complexa e tão belamente produzida.

Leia mais

, , , ,

Babylon 5: Uma série de Ficção Científica, um espelho do mundo real.

“It is the dawn of the third age of mankind, the middle of the twenty-third century. Man is far from alone in the universe.

Babylon 5 is the story of the last of the Babylon stations, the last hope for a galaxy without war. It begins in the year 2257 with the opening of the Babylon 5 station.”

Existem séries de TV que são puro entretenimento. No entanto, existem alguns programas que continuam ecoando, inspirando e moldando a nossa maneira de pensar, imaginar e escrever. A série Babylon 5 de 1993 é uma dessas séries que tem o poder de mudar a forma como vemos as coisas.

Para mim, essa é a série que me acompanha toda vez que escrevo ou imagino uma história pois seus roteiros, personagens, cenários e reflexões tocaram profundamente a minha maneira de refletir sobre o mundo e de encarar o estranho e o maravilhoso de formas diferentes.

J. Michael Straczynski

O seu criador J. Michael Straczynski desde o início decidiu que, ao invés de ir em busca de novos mundos reconstruindo novos cenários à cada semana, a série seria realizada em uma estação espacial fixa que ajudaria a manter os custos num nível razoável e permitiria explorar a fundo os roteiros.

E assim, na estação ele introduziu personagens humanos e alienígenas vivendo situações interessantes e profundas envolvendo religião, filosofia, história, sociologia, psicologia e ciências.

Leia mais

, , , , ,

Utopia. Contos fantásticos nacionais lançados pela editora Andross.

Tudo o que o que estiver relacionado a fantasia, seja ela totalmente fora do que conhecemos ou que faça parte do realismo fantástico, será avaliado”, disse Alex Mir, o organizador do livro. “O que vale mesmo é a criatividade!

 

Utopia é um livro de contos nacional de Fantasia, Ficção Científica e Terror. Nele você terá contato com alienígenas, mundos em colapso, fadas, bonecas de porcelana vivas, lutas contra dragões e demônios e muitos outros aspectos de um universo concebido por muitos como irracional.
Mais uma vez a Andross Editora proporcionou, ao lançar este volume, horas de divertimento e emoção para todos aqueles que desejam conhecer outros mundos, mundos de imaginação e surpresa.
O livro possui 366 páginas, com 56 contos curtos e sua capa possui acabamento brilhante. O volume possui tamanho de 15,0 cm por 21,0 cm.
Importante! Ele não está sendo vendido em livrarias. Mas você pode adquirí-lo diretamente com um de seus escritores. através do email logansolo46@gmail.com
 

Leia mais