Posts

, , , ,

ROTEIROS PARA GAMES: COMO PRODUZIR?

Recentemente eu tive uma discussão bem legal com Edson Rossatto sobre dois assuntos que gosto muito. A escrita e a produção de Games.
Acesse abaixo e confira a entrevista completa do programa em contexto!

 

Fico no aguardo de seus comentários! 😉

, , , ,

Last of Us – Um jogo que realmente vale a pena!

thelastofus

Qualquer escritor ou gamer deveria conhecer e estudar o jogo Last of Us. Um dos melhores games da atualidade com uma história tão profunda quanto os sentimentos humanos representados digitalmente. Leia mais

, , ,

O quão alto? O quão longe?

A história da humanidade é forjada através dos erros e conquistas de todos os seres humanos.

Enquanto alguns dizem “Isso é impossível!” outros perguntam “Vamos fazer de novo?”.

O quão alto? O quão longe? Essa é a pergunta que sempre me motivou e sempre vai me motivar. Espero que todos tenham a mesma visão, cada um no sua área e na sua especialidade.

Esse pensamento deveria guiar todos os nossos pensamentos…

Leia mais

, , , , ,

Escrevendo para as novas tecnologias – Parte 1:

Esse texto faz parte de um artigo constituído de 8 partes, todo ele foi expandido e atualizado a partir de uma palestra que realizei durante o evento LIVROS EM PAUTA que aconteceu no dia 30 de maio de 2015.

O papel do escritor na criação dos Games.

Quando pensamos no trabalho de um escritor em um livro ou um filme, é mais fácil entender o que ele faz. No entanto, quando pensamos no trabalho de um escritor durante a produção de um jogo de computador as coisas se tornam um pouco mais nubladas. Sendo assim, reflita sobre a questão antes de continuar lendo o texto.

poesia

Qual é o papel do escritor na produção de um Game?

Essa pergunta pode parecer difícil mas a responsabilidade fundamental para um escritor continua sendo a de criar através da escrita. Ou seja, ele é o responsável por preencher uma lacuna dentro da produção de um jogo que, francamente, outros não podem preencher. Leia mais

, , ,

Vídeo da Semana: Game cria um universo completo pra você explorar!

Passei o dia acompanhando os vídeos e as notícias de um jogo Indie que fez muito sucesso na última E3 e decidi dividir com todos.

No Man’s Sky é um jogo de ficção científica onde você pode se aventurar e explorar uma galáxia inteira! \o/

O jogo fo111i desenvolvido e publicado pela Hello Games e contará com um universo aberto, onde o jogador fica livre para explorar e atualizar sua nave espacial.

A coisa mais impressionante desse jogo é que os vários mundos são gerados proceduralmente, ou seja, todos os ecossistemas, oceanos e animais são criados pelo computador em infinitas possibilidades!

Leia mais

, ,

Participe do LIVROS EM PAUTA: Congresso de Literatura, quadrinhos, RPG e outras mídias Nerds.

Banner

UM EVENTO PARA QUEM GOSTA DE LITERATURA E CULTURA POP EM SÃO PAULO!
Em sua quinta edição, Livros em Pauta ampliou sua programação para contemplar o universo das histórias em quadrinhos, games e jogos de RPG. Todas as atividades são gratuitas, abertas ao público e com censura livre.
edson_oficial_vetor

Edson Rossatto, criador e organizador

O LIVROS EM PAUTA foi criado pelo escritor Edson Rossatto com o intuito de promover o encontro de escritores, editores, críticos literários e demais profissionais do livro com leitores e escritores amadores, para discussões sérias e também para bate-papos descontraídos por intermédio de atividades gratuitas, como mesas-redondas, palestras, sessões de autógrafos e lançamentos de livros.

Até a 4ª edição, as temáticas giravam em torno apenas de “livros e literaturas” e o evento ostentava o subtítulo “Encontro de leitores com escritores e outros profissionais do livro”. Contudo, o consumidor de livros, ao longo dos anos, passou a apreciar outros tipos de mídias correlatas, como quadrinhos, cinema, séries de tv, jogos de RPG e games. Basicamente essas pessoas consomem histórias, não importando em qual tipo de mídias elas se apresentam.

Durante o Livros em Pauta, acontece o lançamento de oito antologias de contos literários publicadas pela Andross Editora, organizadora do evento. São elas: De Repente, Nós; Viagens de Papel; As Quatro Estações; Legado de Sangue; King Edgar Hotel; Imaginarium; Além das Cruzadas e Sede – Contos distópicos sobre um futuro sem água. Os autores estarão disponíveis para conversar com o público e distribuir autógrafos.

Mais sobre a palestra? Clique no Bardo!

Eu estarei ministrando a palestra STORYTELLING PARA GAMES – Como criar histórias para as novas tecnologias que acontecerá das 17:30 as 19:00. Para mais detalhes sobre o tema acesse a entrevista que dei para o Site Contos Cabulosos.

Leia mais

, , ,

TAKE IT BACK! Vídeo da semana é um tributo ao jogo Mass Effect.

masseffect

 

Normalmente eu escolho um vídeo inspirador a cada semana. No entanto, depois dos resultados e comentários do artigo de ontem, eu tive que escolher a música TAKE IT BACK criada pela Miracle Of Sound. Esse vídeo é um tributo ao jogo Mass Effect, uma das melhores séries de jogos de RPG e ficção científica desenvolvido pela BioWare.

Naves espaciais, civilizações alienígenas, uma raça de seres mecânicos chamados Reapers e cenas de tirar o fôlego fazem dessa séria uma grande inspiração.

Agora chega de conversa. Aumente o som e aproveite as cenas incríveis do terceiro jogo da série!

 

Mais sobre o jogo acesse: http://masseffect.bioware.com/

 

, , ,

Andorus – A História de uma era.

“Entre os anos de 2000 e 2005 eu e alguns amigos (Jeffrey Haiduk e Thiago Viol em especial) sonhamos em criar um jogo de computador com temática medieval e fantástica. O conto abaixo faz parte de um dos diversos materiais criados e recriados ao longo desses anos. O jogo nunca foi desenvolvido mas parte de suas histórias ainda continuam ecoando em nossas vidas até hoje. Imagens utilizadas para ilustrar o conto acima são de Chris Bourassa, Ryan Pancoast, Vincent Devault e outros.”

O início de uma era sempre é conturbado. Sobretudo quando suas lendas e histórias são contados por homens capazes de errar como nós. Por isso, vou então tentar ser o mais prático possível no delinear desse pequeno conto. Que apesar de seu reduzido tamanho conta a história inicial de um mundo do seu início até o completo desenvolvimento.

O mundo se chama ANDORUS que na linguagem dos antigos significa planeta das mudanças eternas. Uma designação criada pelos primeiros estudiosos que surgiram nesse mundo, uma alusão clara às crenças primordiais.

Como citei, espero ser o mais prático possível para explicar toda a história. Por isso, não vou entrar em detalhes sobre a filosofia e a religião. Apenas devo citar que a maior parte das ações dos personagens foi baseada numa crença equilibrada sobre os padrões da Ordem e do Caos.

 


Devo lembrar porém, que isso não demonstra que aquele que acredita no Caos é por definição uma pessoa “do Mal”, ou quem acredita na Ordem é “do Bem”. Tudo depende do momento e do ponto de vista que existe sobre ele. Sendo que coisas boas podem se tornar más e assim por diante. Então, vamos continuar.

No início dos tempos, Andorus era um mundo exuberante em vida e força primordial. As florestas e animais cobriam toda a extensão do planeta em exemplos e formas que você mal pode imaginar. A capacidade de variação e adaptação eram incríveis pois a evolução se aproveitava de uma fator muito importante. Todas as formas de vida eram capazes de entrar em contato e usar de alguma forma a energia conhecida como FORÇA PRIMORDIAL.

Essa energia só pode ser explicada se nos utilizarmos da mais completa forma de imaginação. Eu poderia citar trabalhos gigantescos que tentam explicar seus princípios mais profundos. Pense apenas no seguinte. Como você é capaz de imaginar imagens e situações, às vezes certas formas de vida pode fazer o mesmo com a realidade.

Com essa capacidade, os animais podiam se tornar mais, extrapolando o meio que os limitava, mudando o meio. A vida extrapolava sua condição inicial, pois o meio ambiente não mais continha a sua expansão.

Leia mais

, , ,

Entrevista: Aprendizado e a produção de games.


 

 

 

 

No dia 13/11/2013 participei do programa Família em Foco na TV Paulinas com o tema Aprendendo informática com jogos de computador. 

Como fiz isso por mais de 10 anos eu gosto de afirmar que é muito mais legal desenvolver e criar jogos de computador do que simplesmente jogar. E acredito que, quando as crianças e adolescentes descobrem isso, elas se tornam mais ativas e interessadas em aprender aquilo que estão jogando.

Clique no link e acesse as duas partes da entrevista. Espero que gostem!





PARTE 1:

PARTE 2:

Enviem suas dúvidas e comentários! 🙂