, ,

Os Vingadores 2: A Era de Ultron. Um filme épico e cheio de referências nerds!

Esse é um artigo livre de Spoilers e cheio de robôs assassinos. Leia sem preocupação!

Pode ler que eu cuido do Hulk!

Pode ler que eu cuido do Hulk!

“Os Vingadores 2: A Era de Ultron” estreou na última quinta-feira no Brasil e até agora levou mais de 2 milhões de pessoas ao cinema em apenas alguns dias. Até o momento, segundo o site deadline.com, ele está tendo um resultado 44% melhor do que o primeiro filme dos Vingadores. Por causa dessa comparação ficam duas perguntas: O filme é realmente melhor do que o primeiro filme? E ainda. O filme vai resolver um pouco  das diversas perguntas que surgiram no primeiro filme?

Para responder isso devemos lembrar que os Vingadores foram criados pela Marvel Comics para os quadrinhos por Stan Lee, Jack Kirby e Dick Ayers, em 1963 como uma resposta à Liga da Justiça da DC Comics. Diferente de outras equipes do universo Marvel, desde o início os Vingadores receberam reconhecimento oficial do governo, com autoridade aceita internacionalmente durante a maior parte de sua história e sempre foi reconhecido por reunir os “heróis mais poderosos da Terra”.

mcu-hed

Tudo está interligado!

A partir dessa origem, a  Marvel Studios criou um universo comum em todos os seus filmes sempre se preocupando em demonstrar isso a proposta de criar uma equipe capaz de “combater vilões que nenhum herói conseguiria sozinho”. Nos primeiros filmes da Marvel vimos a origem e tivemos contato com a  primeira formação dos Vingadores formado pelos heróis Homem de Ferro,  Capitão América,  ThorHulk, Viúva Negra e o Gavião Arqueiro.

Os primeiros filmes da Marvel (Homem de Ferro 1 e 2, Hulk, Thor e Capitão América) foram responsáveis por criar o pano de fundo para a invasão alienígena comandada pelo Loki no primeiro filme dos Vingadores. Logo depois, Homem de Ferro 3, Thor 2, Capitão América 2 e Guardiões da Galáxia foram responsáveis por expandir o universo e as referências do universo Marvel preparando assim o cenário para o segundo filme dos Vingadores.

O filme desde o início mostra bem a interação do grupo contra remanescentes da Hidra e a partir disso expande a história para mostrar o conflito do Homem de Ferro que ainda tenta resolver o seu passado de comerciante de armas.

A “boa” intenção do Stark se junta a genialidade de Bruce Banner com a intenção de criar uma inteligência artificial consciente, um sistema operacional inteligente capaz de proteger o mundo criando uma “armadura” contra outras invasões alienígenas.

É durante esse experimento que surge Ultron (James Spader). Um super-vilão criado por computação gráfica criado por captura de movimentos segundo o processo de Andy Serkis, ator que deu vida a Golum e que participa rapidamente o filme fazendo um contrabandista de armas e metais raros chamado Ulysses Klaw.

age-of-ultronUltron é um personagem que foi criado em 1968 e que sempre infernizou a vida dos vingadores nos quadrinhos. Em 2012 foi lançado a saga Era de Ultron que provavelmente, por causa de seu grande sucesso, motivou a escolha do vilão para o filme. E, como podemos ver nos trailers, ele faz muito bem o seu papel, ameaçando e ironizando a condição ingênua dos vingadores através de uma lógica fria e livre de sentimentos.

Assim temos o nosso pano de fundo montado e que responde a primeira pergunta. De um lado temos um vilão capaz de criar infinitos corpos robóticos contra um grupo de heróis que começa a questionar se foi certo a escolha de Tony Stark e Bruce Banner de “brincar” com poderes além da compreensão.

Esse tom mais sombrio é balanceado por diversas cenas de ação pontuadas por inúmeras cenas de humor e referências dos quadrinhos. Enfim, o filme abusa dos efeitos especiais, das droidcams e de infinitos robôs lutando contra vingadores a beira da exaustão.

É nesse momento que reencontramos War Machine e o Falcão, personagens apresentados nos filmes do Homem de Ferro e do Capitão América, bem como os irmãos gêmeos Mercúrio e FeiticeiraThe-Avengers-2-Age-of-Ultron-Promo-Art-Vision-Phasing-1024x638 Escarlate bem como um dos mais poderosos personagens da Marvel, o Visão, um Androide criado pelo próprio Ultron mas que carrega dentro de si uma humanidade surpreendente.

Como nas histórias em quadrinho, pédios são destruídos e cenas de ação de encher os olhos e as telas saltam os olhos. Em especial preciso comentar sobre um dos embates mais esperados nos quadrinhos da Marvel que é o encontro de um Hulk enfurecido e sem controle contra uma das mais poderosas versões do Homem de Ferro chamada de Hulk Buster.

Segue abaixo apenas o trailer que mostra parte desse maravilhoso e épico embate.

Vingadores 2 consegue então expandir ainda mais o que o Universo Marvel vem fazendo a anos nos quadrinhos. E acho importante comentar que entre as cenas de ação, existem diversos momentos de diálogos entre os personagens em seus trajes e momentos civis aprofundando ainda mais as discussões e conceitos apresentados nos outros filmes.

Bhb0Exr

Sem Spoilers!

No entando o filme não responde as diversas perguntas que surgiram no primeiro filme. Ele apenas expande ainda mais a saga que está sendo preparada em torno do personagem Thanos, responsável por todos os problemas e desafios apresentados no filme dos Guardiões da Galáxia e em muitos outros lugares. Se eu falar mais do que isso, será um Spoiler! 😉

O filme é divertido e muito bem feito mas pode deixar um gosto de quero mais um pouco amargo na boca devido ao excesso de cenas de ação. No entanto, é da opinião desse nerd escritor que ele cumpre o papel de apresentar uma equipe de super heróis capaz de combater as mais extraordinárias ameaças ao mundo.

Sendo assim, escolha a maior e mais potente tela e vá assistir ao filme pois, se reunindo ao som de seu grito de guerra “Avante, Vingadores!”, a revista sempre recebeu um cuidado especial da Marvel e teve alguns dos melhores escritores e desenhistas das histórias em quadrinhos e acredito que veremos o mesmo nos próximos filmes e projetos da Marvel.

Agora, se você não tem problemas com spoilers ou já assistiu o filme eu indico que escutem o OVERCAST 001 que participei recentemente e que fala sobre o filme e diversos outros temas nerds. Divirta-se! 😉

IMG_0515

Não seja um Pinocchio! 😉

 

Esse artigo foi criado para o Portal Overtube. Clique e conheça!
Sem título

 

4 respostas
  1. André B Mariano
    André B Mariano says:

    Tive a oportunidade de ir ontem com meu filho (6 anos) ao cinema. Foi uma oportunidade para eu assistir em live action aquilo que sempre imaginei a partir do que cresci vendo nos quadrinhos. Também pude ver pelos olhos do meu filho, que nunca leu esses quadrinhos (ainda), como esse universo criado nos quadrinhos encanta, diverte e cativa. O problema vai ser evitar com que ele não dê os ‘spoilers’ do filme para os colegas na escola hoje de manhã já que, basicamente, as brincadeiras deles consiste em escolher um super herói e ficar usando os poderes pelo pátio da escola contra os inimigos imaginários, praticamente um RPG live action.

    Posso dizer que a parte em que meu filho mais se empolgou e ficou arrepiado foi a ‘parte do martelo do Thor’! Grande quebra de paradigmas!

    Excelente texto do Juliano que conseguiu captar a essência do filme e registrar em belas palavras.

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Comente aqui suas impressões!