O ESCRIBA SONOLENTO ACORDOU POR UM MOMENTO…

“Acordo para silenciar o mundo. Pois meus sonhos não tem espaço senão seguir por estradas insólitas em meio ao além de minha realidade…

O que é o homem, senão uma construção inesperada da natureza. Um soluço e 06 bilhões caminham sobre seus cabelos, escolhendo os buracos e os passos que darão para a destruição…

Somos máquinas biológicas? Que como os gafanhotos não sabem fazer nada mais que devorar, devorar e devorar…

Ou temos livre arbítrio suficiente para assumirmos a responsabilidade de nossos atos e começar a arrumar o planeta?

Pense nisso. E decida antes que o mundo decida por você…”