, , ,

Meu desejo por livros é comparável ao desejo de Smaug por ouro!

Recentemente minha esposa comentou sobre minha mania compulsiva de comprar e acumular livros. Buscando representar bem esse meu lado exagerado ela me disse que eu parecia com o Dragão Smaug.

Eu entendi bem o exemplo, mas é claro que essa comparação atiçou minha imaginação. Por fim, acabei modificando uma imagem criada por Will Roberts para usar como capa da página e o resultado até me deixou com uma pontinha de orgulho! Evocar imagens nerds dá nisso.


Smaug, o Dourado foi criado por J. R. R. Tolkien na obra “O Hobbit” de 1937. Ele é o antagonista da história pois vivia nas masmorras da Montanha Solitária (também conhecida como Erebor) na Terra Média, depois de expulsar os anões, para se apropriar de suas riquezas. 

Preocupado com o retorno de Sauron à Terra-média, o mago Gandalf temia que o dragão fosse usado nos planos de conquista do inimigo Sauron. Por causa disso ele auxilia o anão Thorin Escudo de Carvalho a recuperar sua herança perdida. Para isso ele organiza uma comitiva entre a companhia de Thorin e o Hobbit Bilbo Bolseiro.

Como o livro do Hobbit possui muitas de suas inspirações nos trabalhos da mitologia nórdica, incluindo Beowulf, Smaug pode ser interpretado como uma figura da avareza.
Se quiser ver um pouco mais do grande Smaug, eu convido a todos a assistir a trilogia do Hobbit. A última parte do filme acabou de ser lançado no cinema.
Segua abaixo uma das cenas do filme. 
Por fim, finalizo esse post com duas pequenas perguntas:

O que acharam do dragão e a sua montanha de livros?

E você conhece alguém mais que sofre dessa febre? 😉

 

1 responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Comente aqui suas impressões!