Quando os Marcianos destruíram a páscoa.

Esse conto surgiu por causa de um desafio proposto pela Irmandade Literatvs no Wattpad. A regra era a de escrever uma história com no máximo 1000 palavras usando as palavras páscoa, chocolate, feriado e mistério.

No meu caso, eu fiquei pensando em como algum de nossos costumes poderiam ser interpretados por seres estranhos aos seres humanos, juntei com o tema dos marcianos e acabou saindo uma história diferente, crítica e bem humorada.

Se você tem uma conta no Wattpad, clique AQUI.
Senão, clique abaixo e leia por aqui mesmo! 😉
Leia mais

Feliz 2016!

2016

Desejo aos amigos, mais oportunidades para nos reencontramos.
E aos inimigos, todas as pedras que quiserem carregar.

Aos Nerds, colecionáveis infinitos e muitos descontos.
Aos Geeks, todas as peças necessárias para construírem o que sempre sonharam.

Leia mais

,
Para refletir…

Banner dos mundos
Clique e baixe a imagem em alta resolução. 😉

 

Vivemos entre paredes fluidas…

No século IV a.C. um chinês, que não trabalhava para a Nike falava sobre como a estratégia correta poderia conquistar o mundo. Sun Tzu abordava que todos os eventos e estratégias deveriam ser abordados em um combate racional. Mas se você não tivesse conhecimento de suas capacidades e das capacidades de teu adversário, em cem batalhas não venceria nenhuma.
Assim, muitos dos grandes conquistadores se utilizaram de suas lições para vencer e conquistar. Napoleão foi um desses grandes que conquistaram uma grande parcela do mundo mas que no final acabou sendo vencido por uma característica fluida que não poderia ser prevista chamada inverno.
Ainda hoje, muitos olham para o mundo e acreditam que estão observando um imenso tabuleiro de xadrez com peças que sempre se movem para os mesmos lugares. No entanto, não temos mais o clima apenas para nos preocupar. Existe um mundo todo que transita do estado analógico para o digital numa velocidade cada vez mais acelerada. Nos levando da cultura verbal para os documentos de papel, dos relatos em filme e das músicas em fita magnética para um mundo dominado pelo bit e assolado por outros bites errantes.

Esse é o mundo fluido da informação que representa para todas as áreas, uma quebra completa de paradigmas que trouxe para a próxima revolução armas conhecidas como hardwares, sistemas online, email, multimídia, ferramentas de criação e Games.

Mesmo assim, em eras onde contamos as gerações como as últimas letras do alfabeto, ainda não conseguimos ver o que está acontecendo. Principalmente porque não é possível ver o através de paredes fluidas que se solidificam e se torcem a todo o momento.

Pais não entendem seus filhos, professores não sabem mais como ensinar e irmãos de treze anos dizem que suas irmãs de dez pertencem a gerações diferentes são apenas alguns dos sinais desse admirável mundo novo que parece abarcar tanto as obras de Huxley e Orwell enquanto assistimos a um remake 3D do filme Matrix na conexão de internet que nosso Xbox estabeleceu.

Como pandora, só nos resta a esperança de que iremos entender o que está acontecendo. Estudar o porque dos jogos de computador serem os grandes responsáveis pela disseminação da mitologia moderna, é um dos fatores que nos demonstram que cada nova mudança imposta acaba por acelerar nossa capacidade de processar novos pensamentos e idéias permitindo que tudo mude, mas tudo permaneça a mesma coisa.

Observe que é assim, de uma maneira natural que as crianças tratam a tecnologia. Quem sabe possamos alcançar o mesmo estado zen que elas parecem ter quanto a esse assunto. Essa capacidade parece ser indispensável nos dias de hoje, porque só assim poderemos manipular e entender, ao menos um pouco, as informações que fluem em nosso dia a dia e que invariavelmente, trazem o inverno para nossas estratégias e ações.

Sendo assim, só resta para você uma única escolha. Qual vai ser? A pílula azul ou a vermelha???

Animação – A Floresta

Antonia é uma menina de 12 anos de idade. Ela muitas vezes tem sonhos, em que ela se pergunta de para uma floresta mágica para longe, onde ela se esconde dos problemas do mundo real. Um dia, porém, o pai toma medidas drásticas e ela tem que enfrentar uma decisão.

É a sua paz interior um estado utópico até que finalmente escapou das garras da sociedade e suas regras? Ou é a afirmação um caminho mais rápido para a sua sorte pessoal? E o que você deveria fazer, se você tiver que responder a esta pergunta com a idade de 12?

No curta de animação “A Floresta”, o protagonista tem que lidar com esta questão e seu ambiente hostil e encontra uma solução simples, mas radical.

Idealizado, escrito, dirigido e animado por David Scharf. Visite o site www.huesforalice.com caso você queira assistir com legendas…

Dando um nó na cabeça com o cientista Michio Kaku:

Michio Kaku, é um famoso físico teórico dos Estados Unidos. Ele é professor, pesquisador e co-criador da Teoria de campos de corda, um ramo da teoria das cordas.
Kaku formou-se como bacharel na Universidade de Harvard em 1968, quando ele foi primeiro em sua turma de física. Atualmente é professor da City University of New York. Autor de vários artigos técnicos envolvendo a teoria das cordas, a supergravidade, supersimetria e hádrons; seus estudos atualmente se concentram na Teoria de tudo. Ele é autor vários livros de divulgação científica, e também fez várias participações em programas de televisão explicando os conceitos mais “esotéricos” da física moderna.
Como eu admiro demais o trabalho dele, fica aqui alguns vídeos que mostram algumas de suas idéias.







Se você deu um nó no seu cérebro, fique calmo. É normal. 
Senão, você leu muita ficção científica e quadrinhos e está acostumado com multiversos, viagem temporal, etc.
Eu só posso relembrar um dos quadrinhos mais interessantes que eu li da Marvel que contava como o devorador de mundos Galactus havia nascido. Como? Bem, ele sobreviveu ao “Big Crunch” do seu universo e veio pro nosso.  
O mais legal é ficar sabendo que, pelo menos teoricamente, isso já vem sendo discutido e analisado…

Cogito, ergo mortis

Cogito, ergo mortis

Penso, logo morro

Pois séculos de estratégia
se resolvem em segundos de sangue.

Momentos de resistência
são derrotados pelo instante do chicote.

E as lágrimas que caem
são secas pelo ardor do desespero.

E ninguém escuta nossa voz…
E ninguém entende nosso pensamento.

Assim, a morte deixa sua marca.
Fazendo da vida seu exemplo mais fúnebre…

E o planeta morre sem pressa
enquanto vivemos sem nos preocupar.

Triste fim, para quem se clamava sapiente. 
Sem pensar ele apenas existe num triste segundo que nunca termina, que nunca volta…

“Escutando Evening Falls (Enya) e pensando na ingratidão do filho homem com a mãe Gaia…”

[E3] Trailer de Star Wars: The Old Republic

Mais um maravilhoso trailer que foi divulgado na E3 2009. O trailer que não me canso de assistire e que iniciou a divulgação do mais novo game da série Star Wars. Sem comentários. Só aumente o som…

   

Tree of Life – Árvore da Vida

O projeto ´Árvore da Vida´, da Wellcome Trust, foi feito em parceria com a BBC e a Open University, criado com objetivo de celebrar a obra de Darwin. Muito interessante! Eu sou fissurado pelos temas que envolvem evolução, dinossauros e temas correlatos.

Para acessar o site oficial e ver mais informações interativas acessem http://www.wellcometreeoflife.org

Animação 3D nacional – Até o Sol Raiá…

Feliz 2010 a todos!

Para iniciar esse ano deixo abaixo uma grande animação 3D nacional. Segundo o site oficial (http://www.ateosolraia.com) a animação é um conto de fantasia e de celebração ao imaginário nordestino. Personagens de barro criados por um artesão ganham vida própria e agitam uma pacata vila sertaneja numa noite de festa. Animado em 3D, o curta-metragem funde a tradição do artesanato em barro com o cangaço, numa referência a dois ícones da cultura do Nordeste.