, , , , ,

Delenda e o Vale dos Segredos da escritora Amanda Reznor!

11227149_1062892210405322_1897760605_o“Com uma bonequinha de pano entre as maxilas, um gato negro sobe no telhado da estalagem. Pula sobre a borda da chaminé e joga a boneca lá dentro novamente. Era seu esporte favorito – esconder os brinquedos das meninas. Não que ele tivesse essa consciência, é claro. Um dia ele apenas resolveu experimentar a façanha, gostou e repetiu, sem saber que seus pequenos tesouros eram descobertos e removidos pela parte de baixo. Desde então, muitos objetos têm sido retirados da chaminé pelo velho Pereira ou Maurício. E, não se sabe exatamente o porquê, com aquela bonequinha de pano o gato ficava especialmente eufórico. Mal a viu retornar ao quarto das meninas, abocanhou a boneca e saiu de fininho, disfarçando a traquinagem, e a depositou novamente na chaminé. Satisfeito com a missão bem-sucedida, o gato salta para a relva e prepara-se para perseguir pintinhos. Distraído, porém, não percebe o saco de pano que se fecha ao seu redor. Ele mia, desesperado, na tentativa de libertar-se daquela estranha prisão, mas é em vão…”

 

Está semana durante o programa de Rádio Criador de Mundos iremos entrevistar a escritora Amanda Reznor, escritora focada no público Teen que já teve diversos contos selecionados para publicação em mais de dez diferentes antologias de poemas e contos, além de organizar diferentes antologias. Seu gênero favorito é o terror-suspense e o livro Delenda e o Vale dos Segredos é o primeiro volume de sua trilogia

Segundo a autora, o Vale dos Segredos é um lugar. Tão real quanto eu ou você e o que habita o nosso imaginário. E, como todo lugar, preserva as digitais dos séculos que o tempo em vão tenta apagar. Mas elas, como impressões virtuais refletidas num ponto qualquer do universo, perseveram. Delenda é uma dessas histórias que rega o Vale. Cláudia Blaise é uma garota quase comum: vive com sua avó em um bairro nobre, sustentada por uma gorda pensão deixada por seu avô. A única coisa que a difere de seus colegas da faculdade é que ela não conhece a mãe, que sumiu após o parto, e o pai, que foi assassinado no mesmo dia em que ela nasceu. No seu décimo oitavo aniversário, porém, uma surpresa está para alterar todo o rumo de sua vida. Mas o que vem disfarçado de um presente tentador pode ser, na verdade, uma cilada de encantos, mistério e morte… Será que ela descobrirá os importantes enigmas do Vale dos Segredos e, mais importante, saberá como escapar desse terrível labirinto? Interessante não é?

amanda-reznorA escritora Amanda Reznor registra histórias desde que aprendeu a escrever. É também apaixonada por toda forma de arte, cultivando o canto, a dança, o desenho, a pintura, o teatro, a composição musical e a fotografia. Tem muitos projetos em mente, tanto na escrita quando na área musical e multimídia, e, como a qualquer bom leitor, cada livro digerido lhe fornece um novo leque de possibilidades fantásticas. Palavras ditas pela editora Madras que acreditou na qualidade do trabalho e publicou o livro da Amanda.

Além disso, ela é uma escritora interessada no fomento à leitura, participou de eventos e programas de incentivo, como do Projeto De Mão em Mão, parceria entre a Prefeitura de São Paulo e a Editora UNESP, e do blog Concursos Literários, fundado por Rodrigo Domit, que visa a divulgação do maior número de editais de participação gratuita a quem estiver interessado. Também atuou em filmes de produção recente (2015/2016), como Cipriana Gótica, do diretor Claudio Andrade e roteirista Lala Lopes, para o qual também colaborou com parte da trilha sonora, e no filme Meu Velho Novo Amor, de Denise Morais, em cuja filmagem aparece o livro Delenda. 

Saiba mais sobre o livro, a autora e suas influências no programa ao vivo que transmitiremos hoje (01/12) na Rádio Geek pelo link www.radiogeek.com.br ou pelos apps que você pode baixar na loja do Google ou IOS! Viaje com a gente para um mundo no qual superstição e ceticismo se encontram, morte e vida dão as mãos, espelho e reflexo dançam. O Vale esconde muitos segredos mas você, juntamente com o apresentador J.B.Alves estão prestes a desvendar alguns deles.

Então, gostaria de ganhar um livro autografado pela autora? Então participe do nosso DESAFIO abaixo:

A personagem Cláudia era uma pessoa cética antes de viver suas aventuras no Vale dos Segredos. Ela negou-se a ver o que realmente estava acontecendo ao seu redor, mas, ao final de tudo, por bem ou por mal ela acabou acreditando. Bem, é claro que isso é apenas um livro, uma história inventada. Talvez tenha algum fundo de verdade ali, como em todas as outras histórias contadas.

Mas agora vem a pergunta… E você? Você acha que estamos sozinhos no Universo? Sendo “sim” ou “não”, conte-nos o porquê da sua resposta.

A resposta mais criativa e a mais inteligente receberá da autora um livro Delenda, então prepare a caneta (ou o teclado) e vamos lá! Deixe sua resposta como um comentário no post dessa matéria ou no post página oficial no Facebook da Rádio Geek usando as hashtags: #geekaovivo e #delenda.

Aguardamos vocês hoje ao vivo das 18h as 20hs. Até lá!

quote5

 

, , ,

Para refletir…

Um escritor amigo meu comentou algumas palavras poderosas hoje. Ele disse:

“Fiz um trabalho social em Kibera, uma comunidade no Quênia, considerada hoje a maior favela do mundo. Foi lá que comecei a perceber que as desgraças de Angola são miúdas na realidade de muita gente. Nunca mais lamentei pelo pouco que tenho. Pela família abençoada em que fui nascido. Pela guerra que acabou no meu país… Se você acha que sofre, então tira um tempo da sua vida e passa pelo Sudão, Somália, Kenya… Visite os países da África Central.”

 

Esse comentário me fez refletir e ter certeza que também sou abençoado pela família que tenho, pelas oportunidades que me aparecem todos os dias e pelos contos e livros que tenho a chance de escrever.

Sendo assim, não vou ficar preocupado com o que pode ou não acontecer com a política mundial. Ou mesmo com o que os outros ficam falando por aí. Vou ficar preocupado por aquilo que posso ou não realizar, principalmente tendo tudo o que tenho hoje.

E tenho dito!

* Kibera é o nome de uma comunidade localizada no Quênia. É considerara a maior favela do mundo, com cerca de 2,5 milhões de habitantes. Este assentamento informal é o lar de um quarto da população da capital de Nairóbi e é composta de 12 municípios que são flagelados pelos mesmos problemas de pobreza, sanitarismo precário e saúde ambiental, “construções temporárias” e HIV/Aids pandêmica.

, , ,

I was born for this (Jorney Game) – Live with the Swedish Radio Symphony Orchestra

Para inspirar, nada melhor do que destilarmos através da música uma série de sentimentos que despertam a verdadeira imaginação.

A trilha sonora é do game Journey, um jogo eletrônico independente desenvolvido pela Thatgamecompany lançado em março de 2012 para o PlayStation. Em Journey, o jogador controla uma figura encapuzada que vaga por um vasto deserto, viajando rumo a uma grande montanha ao longe.

Há a possibilidade de encontrar outros jogadores durante a exploração dos cenários e a única forma de contato possível entre os dois se dá por meio de uma nota musical que o personagem é capaz de emitir.

Ao criar Journey, os desenvolvedores ansiavam construir uma experiência para os jogadores que evocasse sensações de exiguidade e fascínio diante do mundo retratado, e que forjasse uma conexão emocional entre eles e os outros usuários anônimos encontrados durante a jornada. A música, composta por Austin Wintory, responde dinamicamente às ações do jogador e é construída sobre um único tema, que representa o arco emocional que se desenvolve durante a narrativa.

O trabalho foi aclamado pela crítica especializada, sobretudo por sua arte visual e áudio e pelo sentimento de companheirismo criado ao se jogar com um estranho. Críticos definiram a produção como uma “experiência emocional tocante”.

Journey venceu vários prêmios de “jogo do ano” e recebeu muitas outras honrarias, homenagens e indicações, incluindo a “Melhor Trilha Sonora para Mídia Visual” do prêmio Grammy, a primeira ocasião na história da premiação em que um jogo eletrônico concorreu na categoria.

Agora vamos escutar a música e ganhar litros e litros de inspiração!

AUMENTE O SOM E NÃO DEIXE DE COMENTAR! 😉

 

, , , ,

Conheça mais sobre o livro “Filhos da Lua: O Legado” de Marcella Rossetti

Mitologia, personagens carismáticos, fortes emoções e uma aventura sobre lobisomens no Brasil é a receita do sucesso da autora.

Na semana que vem (dia 10/11), durante o programa de Rádio do Criador de Mundos, entrevistaremos a autora Marcella Rossetti responsável pelo livro “Filhos da Lua: O Legado”, um livro que alcançou a lista dos 100 mais vendidos em todas as categorias da Amazon e tem permanecido entre os mais vendidos em Fantasia Urbana, categoria na qual ele é o e-book mais bem avaliado pelos leitores (+60 avaliações, todas positivas).

Esse romance recentemente ganhou uma edição impressa e em qualidade de luxo pela AVEC EDITORA, editora nacional criada em 2014 para trazer o melhor da literatura, principalmente da literatura fantástica, para seus leitores.

Logo

http://aveceditora.com.br/

“A sensação é a de um sonho sendo realizado. A Amazon abriu as portas para meu romance ser conhecido e a Avec Editora acreditou no potencial da obra para o grande público. Entretanto, a coisa mais valiosa na Amazon para mim são as avaliações carinhosas dos leitores”, comenta Marcella.

Também professora, a escritora diz ter encontrado na sala de aula uma fonte de rica de inspiração para o universo de “Filhos da Lua”.

Com certeza o livro não seria o mesmo sem a presença de meus alunos em minha vida. Também peguei deles algumas qualidades físicas e personalidades. Eles sabem disso e ficaram muito felizes. Talvez tenha sido isso que tenha deixado os personagens verdadeiros e carismáticos para os leitores. Eles foram inspirados em jovens reais. ”, conta.

Mas do que se trata Filhos da Lua?

Ele trata sobre um dos mitos mais famosos da literatura fantástica. Lobisomens! 😉

No livro, Bianca Bley é uma jovem atormentada pelos pesadelos da morte da mãe. Os sonhos são carregados de imagens de presas e garras. Ela imaginou que a solução seria mudar-se para outra cidade. O que só fez piorar tudo. A menina conhece Lucas e parece haver um mistério envolvendo esse belo rapaz.  No primeiro dia na nova escola estranhas sensações a invadiram e ela simplesmente desmaiou aos pés dele.

O que Bianca não tinha ideia é que o encontro com o Lucas e seus companheiros desencadearia uma série de acontecimentos capazes de revelar os mistérios mais profundos de sua vida. Mistérios que revelariam um novo e perigoso mundo e sua vida se transformaria completamente.

Além da sala de aula, fontes como jogos de RPG, literatura e filmes foram vitais na elaboração do elogiado universo de “Filhos da Lua”.

Quatro coisas têm encantado os leitores: o universo criado, os personagens carismáticos, as emoções despertadas neles durante a leitura e o cenário nacional. A mitologia no livro e seu universo são completamente diferentes daquela que o leitor está acostumado e isso o surpreende imeditamente, fazendo-o querer descobrir cada vez mais sobre a mitologia em cada página. Os personagens aproximam o leitor da história e são os responsáveis por despertar neles diferentes emoções. E o cenário nacional é sempre citado como um ponto alto da leitura pelos fãs. Eles adoram reconhecer as cidades e os lugares”, salienta Marcella.

Também segundo ela, os leitores que gostam de destrinchar as regras de universos fantásticos terão horas de diversão com a leitura desse primeiro volume da série:

marcella-rossetti“Os Karibakis são uma raça guerreira dividida em cinco linhagens. Cada uma com seus dons. Alguns deles possuem a marca do legado nas costas, indicando a pureza do sangue. A quinta linhagem, a dos Farejadores, foi extinta há 25 anos durante a Noite da Aniquilação e desde então os Karibakis estão perdendo a guerra contra seus inimigos mortais. ”

Marcella instiga a curiosidade dos amantes de literatura fantástica destacando que esse é apenas um resumo. A mitologia completa apresentada no primeiro livro “é apenas a ponta do iceberg que será mostrado nas próximas obras”.

A autora procurou por técnicas de escritas e estudou diversos livros aclamados pelos fãs. Durante o programa de rádio discutiremos com a autora as técnicas e influências no seu processo de produção. Não deixem de participar e mandar suas dúvidas e curiosidades!

“Os leitores ainda vão se surpreender muito com o mundo dos Trocadores de Pele”, sugere a autora.

Gostou? Então não deixe de escutar o programa Criador de Mundos na Rádio Geek hoje (dia 03/11) as 18hs. Acesse e participe! E se quiser ganhar um livro participe do nosso concurso cultural clicando AQUI!

 

PARA MAIS ACESSE:
Site: www.filhosdalua.com
Amazon: http://amzn.to/1Hv7e4o
Facebook: fb.com/sagafilhosdalua

FICHA DO LIVRO:
ISBN: 978-85-67901-52-7
PREÇO DE CAPA: R$ 49,90
Formato: 16×23 cm, 488 páginas
Papel: lux cream 70g

CATEGORIA
Fantasia Urbana
Lobisomens

PÚBLICO / IDADE
Juvenil/ Jovem Adulto
Autor: Marcella Rossetti
Editor: Artur Vecchi
Diagramação: Marina Ávila
Ilustração de Capa: Talita Persi

, , , , , , , , ,

Participe do lançamento da Rádio Geek!

Com uma equipe de especialistas do mercado de entretenimento, nova rádio reúne conteúdo exclusivo e faixa musical em uma programação 24h e 100% online.

Desenvolvida por grupo de empresas brasileiras, entra no ar nesta terça-feira a versão beta da Rádio Geek. Com programação feita por especialistas e 24 horas por dia, a rádio será uma plataforma 100% digital e focada no mercado geek.

Geek [giːk] – Aquele que está sempre à frente das pessoas comuns. Quem se torna um especialista em tudo o que é do seu interesse. (Fonte: Dicionário Michaelis)

Leia mais

, , , ,

Incrível Mashup! Quando ‘Stranger Things’ encontra Charlie Brown e Snoopy.

O termo “mashup” surgiu originalmente na música, mais especificamente no estilo eletrônico onde os DJs faziam mixagens a partir de uma música e sua melodia, criando assim outra música. Ou seja, mashup significa misturar estilos diferentes para então se criar um novo. Atualmente podemos encontrar exemplos de mashups nos games, animações ou mesmo nos aplicativos.

Agora que revisamos o significado, eu posso refazer uma pergunta incrível que já foi respondida.st

O que aconteceria se fosse criado um mash up da obra de Charles M. Schulz, criador de Charlie Brown e Snoopy com ” Stranger Things” aclamada série da Netflix?

Importante comentar que foi um artista brasileiro que criou a arte que abre essa matéria. Para mais amostras acesse a página dele no FACEBOOK.

No caso do vídeo, o canal do YouTube Only Leigh decidiu fazer esse mashup e ver qual seria o resultado. A melhor parte de todas é que o Snoopy assumiu o papel do estranho Demogorgon. 😉

Clique abaixo e confira!

Leia mais

, , , , , , ,

Geeks! Pessoas loucas e extraordinárias.

  • Refletindo sobre o termo GEEK:

Existem diversas matérias sobre o que significa ser Geek. Muitas delas inclusive são compartilhadas e recopiadas por toda a matrix. No entanto, a maioria tenta apenas explicar qual a “verdadeira” definição da palavra Geek e principalmente qual a sua diferença em relação ao termo Nerd.

A atenção dispendida sobre esse assunto é tanta que resolvi comentar um pouco mais sobre um outro ponto que acho bem mais relevante. Como muitas dessas pessoas extraordinárias que se consideram Geeks, podem fazer a diferença no nosso modo de vida.

É claro que precisamos começar de algum ponto. Então vou apenas comentar uma classificação que os dicionários dizem ter relação ao termo Geek e discorrer a partir daí:

  1. Geek é um expert, um entusiasta da tecnologia digital (termo usado com orgulho como auto-referência, mas muitas vezes usado depreciativamente por outros).

Diante dessa frase podemos interpretar então que um Geek é uma pessoa que gosta. Se dedica a entender e até a se especializar no uso ou no desenvolvimento de tecnologias digitais. Além disso é alguém que adota o termo “Geek” com orgulho e não liga para o que as outras pensam dele. Mesmo que usem o termo de forma depreciativa.

matrix-reloded

Cena do Filme – Matrix Reloaded

  • Primeiro ponto importante. O que seria essa tecnologia Digital?

Bem, são tecnologias que surgiram no século XX e que vêm revolucionando a indústria, a economia e toda a sociedade desde então. São formas de armazenamento e de difusão de informação que alteraram a maneira como a humanidade trata seu passado, seu presente e seu futuro.

Isso ocorre principalmente porque arquivos digitais podem ser copiados e difundidos, sem a garantia de que permaneça a marca de um “ dono original”. Isso para alguns é visto como “pirataria” mas para outros é uma forma de aumentar ainda mais o acesso e a disseminação de informação. Enfim, como sempre existem dois lados da moeda e infinitas interpretações.

De qualquer maneira, podemos afirmar que a tecnologia digital permitiu descentralizar a informação, aumentar a segurança de uma série de dados fundamentais e criar novas e maravilhosas tecnologias. E que também a tecnologia digital é o contraponto da tecnologia analógica que sempre dependeu de meios materiais diferentes para existir.

Em resumo, as tecnologias digitais estão presentes em nossos celulares, computadores, televisões, livros digitais e na Internet. Sendo assim, se você usa um desses itens pra trabalhar, se divertir e principalmente, aprender mais sobre o mundo e você mesmo, eu devo dizer, você é um entusiasta ou mesmo um expert dessa tecnologia. Então só falta adotar o termo “GEEK” com orgulho!

87e656e6b8eb40f1a938a8abe9a8e68d

Muitos já adotaram a “moda” de ser Geek.

  • Porque adotar com orgulho o termo GEEK?

Achou estranho essa pergunta? De novo então. Porque você adotaria um termo que muitos consideram ser a classificação de pessoas excêntricas, fãs de tecnologia, games, histórias em quadrinhos, livros, filmes e muito mais?

Exatamente por isso! Porque o termo “excêntrico” e “Geek”, se usado sem malícia pode resumir muito bem “alguém que está interessado em um assunto intelectual ou complexo e que faz disso a sua própria causa”.

E isso já vem acontecendo. O filme A Rede Social de 2010 que conta a história do Facebook, mostrou que os termos geek e nerd já são associados a pessoas bem-sucedidas como Bill Gates, Steve Jobs e Mark Zuckerberg. Em outro momento uma reportagem da revista New Scientist disse “Um recado a quem quer ser presidente: contrate geeks, não eruditos”.

Enfim, tem havido uma mudança no sentido atribuído aos geeks e atualmente muitos acreditam que o termo caracterize alguém que tenha um conhecimento aprofundado de uma determinada área, de alguém que seja um verdadeiro apaixonado por um assunto. Assim,  em geral, o termo geek vem sempre acompanhada de outra descrição, como “geek dos games”, “geek da história”, “geek da música” ou mesmo “geek da cozinha”.

Mesmo o autor britânico Neil Gaiman (criador da série Sandman) comentou uma vez que estava fascinado pela rapidez com que as palavras Geek e Nerd ganharam um novo sentido na Grã-Bretanha desde os anos 1980. Originalmente esses termos eram ofensas, mas foram incorporados pelos ‘ofendidos’ como uma honra.

Sendo assim, mais e mais pessoas estão virando entusiastas dessa classificação e dos interesses associados a elas.

  • Mas isso não é apenas mais uma modinha?

b341f194db42b23705de395fe630d607É verdade que hoje em dia, várias marcas estão aproveitando para ganhar dinheiro com a exploração dos termos nerd, geek, hipster, etc. No entanto, o que realmente importa é que muitas dessas pessoas, principalmente aquelas que adotam os assuntos intelectuais e complexos são as vêm mudando o planeta.

Pense da seguinte maneira. O que livros de fantasia e scifi discutem? Ou filmes como Star Wars e Startrek? Ou os jogos mais avançados? Em sua grande maioria eles nos apresentam diferentes possibilidades do que estamos fazendo com o mundo hoje. E é essa reflexão e mudança de atitude que importa!

Dificilmente muitos dos universos utópicos ou distópicos apresentados nos filmes e games irão acontecer no nossso tempo de vida. No entanto, nossos filhos e netos irão experimentar um mundo diferente do nosso. E a possibilidade dele ser bom ou ruim só depende da nossa capacidade de saber usar da tecnologia e da informação, para transformar o planeta e nós mesmos. Por isso que é importante essa discussão, e por isso que é importante abraçar de forma apaixonada as coisas que você faz. Independente da área que você escolher.

  • Então todo mundo pode ser um Geek?
geeks3

Geek é uma pessoa apaixonado pelo que faz!

Sim! Todo mundo é um pouco Geek! Tudo depende de como você se identifica com alguma tendência que use da informação e tecnologia. Mas no mundo moderno de hoje, todo mundo tem um pouco de Geek dentro de si. Uma curiosidade sobre isso, em 2013 Burr Settles, um engenheiro de softwares, estudou 2,6 milhões de postagens no Twitter para fazer uma associação entre as palavras mais utilizadas na associação dos termos Nerd e Geek. O que ele descobriu foi que “nerd” estava mais relacionado as palavras “SUDOKU”, “PALESTRAS” e “OXFORD”, ou seja, nerd é aquele que estuda muito. Já “Geek” teve relação com as palavras “CULTURA”, “TECNOLOGIA” e “iPOD”, o que significa que o termo é dado a pessoas apaixonadas pela informação contida nos games, filmes e tecnologia.

Esse método serviu para mostrar que a visão das pessoas em relação a esses termos é algo orgânico e mutável e que vem sendo adotado cada vez mais. Hoje já podemos encontrar o “sports geek” que define alguém fascinado por esportes a ponto de estudar a fundo o assunto.

 

Enfim, ser nerd ou geek deixou de ser estranho, porque estes termos ficaram massificados. Isso não quer dizer, entretanto, que o preconceito caiu por terra. Estes termos não fazem das pessoas melhores ou piores: apenas as faz lidar de modo diferente com determinadas situações. Estamos vivendo uma revolução do termo. Resumindo, ser geek, é ser apaixonado pelo que faz, é ter opinião própria.

Então aproveite a onda, agarre com força sua paixão e mude o mundo com ela. Pode ser na moda, nos games, na literatura ou mesmo nas formas em que fazemos negócios! O mundo precisa de pessoas que fazem as coisas diferentes.

Falando sobre isso, devo citar uma passagem da poesia criada pela escritora de Avany Morais.

Falar de loucos é falar de sábios!
Posto que, loucos veem além da visão…
Sentem nos lábios a essência da vida
E discordam, sem pedir permissão.

Loucos… Precisamos destes loucos
Para virar a mesa, jogar o jogo bruto,
Mudar o mundo, as regras, não aos poucos,
Mas mudar abruptamente, num espaço curto.

geeks

Isso aí! Os loucos são os sábios. São os Geeks. São aqueles que revolucionam o mundo, que fazem o mundo sair da mesmice e do marasmo.E se no final você não concorda com a minha afirmação. Então só reflita sobre a seguinte frase que já foi atribuída ao cientista Albert Einstein e a escritora Rita Mae Brown.

Insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes.

Então faça diferente, faça de forma apaixonada e não ligue para o que os outros pensam. Seja Geek!

E para concluir. Como já disse Bill Gates: “Seja simpático com os estudiosos – aqueles estudantes que os demais julgam como uns idiotas. Existe uma grande possibilidade de vocês virem um dia a trabalhar para eles”

E sempre que estiver precisando de inspiração. Acesse www.radiogeek.com.br e participe desse movimento!

banner

 

, , , , , , , ,

Saiba mais sobre o programa Criador de Mundos na Rádio Geek.

É oficial! Teremos um programa semanal na Rádio Geek onde iremos falar sobre as novidades do mundo literário, com destaque para a fantasia, a ficção científica e a poesia.
Estaremos sempre acompanhados por escritores, editores e leitores convidados e discutiremos os lançamentos, o modo de produção dos grandes escritores e as novidades do mundo literário.
Sendo assim, eu gostaria de propor uma coisa para todos.

Leia mais

, , ,

Está chegando a Rádio Geek!

24 horas no ar e muito conteúdo… Está chegando a Rádio Geek!

Fique de olho no Facebook e no site para conhecer as novidades em breve.

Quer saber antes de todo mundo? Fique ligado e ouça pelo site radiogeek.com.br ou baixe o aplicativo para Android >> https://goo.gl/bZpxx0 (Em breve disponível para iOS).

, ,

Saiu o trailer do filme “Guardiões da Galáxia Vol.2”!

A Marvel divulgou nessa quarta-feira (dia 19) o trailer de “Guardiões da Galáxia Vol.2”. Na segunda parte da franquia, os Guardiões têm que lutar para continuarem unidos e desvendarem o mistério sobre a origem de Peter Quill (Chris Pratt). O longa é dirigido por James Gunn, que foi o diretor do primeiro filme e conta no elenco com Zoe Saldana, Dave Bautista, Vin Diesel como Groot, Bradley Cooper como Rocket, Michael Rooker, Karen Gillan, Pom Klementieff, Elizabeth Debicki, Chris Sullivan, Sean Gunn, Tommy Flanagan, Laura Haddock e Kurt Russell.

Esse é um prato cheio para os fãs de quadrinhos, ação e ficção científica. Interessado? Então clique abaixo, aumente o som e aproveite o Trailer!

Leia mais