, , ,

A garota da bicicleta ou o que devemos esperar sobre uma série de Tv sobre zumbis?

O que devemos esperar de uma garota e sua bicicleta? Muita coisa! Principalmente se o contexto dessa garota envolver um apocalipse causado por zumbis que levam um policial que saiu do coma a refletir toda essa nova realidade enquanto sai em busca de sua família.

Para podermos entender todo o contexto disso, devemos retroceder 42 anos atrás, pois em 1968 foi filmado em preto e branco o filme “A Noite dos Mortos Vivos” pelo diretor George A. Romero.  Esse filme, tinha como uma de suas premissas ser uma crítica forte, direta e agressiva ao racismo americano, onde zumbis voltavam a vida e saiam à caça de carne fresca e miolos.

A partir desse filme Romero definiu toda uma “mitologia” ao redor da Zumbis, afastando imensamente estes da sua origem Vodu. O filme teve como uma de suas inspirações o romance “Eu Sou a Lenda”, de Richard Matheson, que trazia uma mensagem parecida só que relacionada com vampiros.

Anos depois, o “mito” se fortaleceu e o tema dos zumbis se tornou pop. De uma maneira tão ampla que muitas pessoas e trabalhos já foram produzidos na imensidão da internet.

Eu cito a coluna de Rafael Draccon intitulada Living dead ou por que diabos amamos tanto zumbis como uma das melhores referências que explicam esse fator moderno relacionado com o tema.

Mas esse post não tem intenção de discutir o processo mitológico ou mesmo icônico dos Zumbis como ferramenta de crítica ao capitalismo, mesmo que a famosa frase de Thomas Hobbes que dizia “O homem é o lobo do homem” possa ser facilmente transformado em “O homem é o zumbi do homem”. Tudo isso por causa de sua força e influencia atual.

Na realidade esse post tem o interesse de falar sobre a nova série que vai série “The walking dead”, previsto para estrear em outubro nos Estados Unidos. Esse programa vai ser uma adaptação da HQ de Robert Kirkman, sobre um grupo de pessoas tentando sobreviver em um mundo em que a maioria se tornou zumbis.

 SPOILERS ALERTA!

O quadrinho foi publicado em 2003 mostrando o que acontece com o policial Rick Grimes que depois de ser baleado em serviço acorda em uma cama de hospital e em um Mundo cheio de mortos-vivos. Logo depois, reencontra sua família e se torna líder de um grupo de pessoas que lutam pela sobrevivência.

Esse quadrinho atriu fãs do mundo todo porque se manteve fiel ao mito iniciado por Romero e expandiu a discussão mostrando situações e fatos relacionados com o relacionamento humano e todo o trauma que as pessoas podem passar numa situação fora do normal.

O sucesso é tanto que recentemente estão relançando os quadrinhos no formato AMC ou Animated Comic, que está sendo disseminado pelo IPAD e por outros novos produtos.

Abaixo deixo um vídeo que mostra exatamente a cena inicial do quadrinho de forma animada. Muito bom!

Ficou com vontade de ler o quadrinho?! Porque agora, além de ler os 70 quadrinhos já lançados poderemos assistir a série com toda a qualidade e expectativa! O seriado terá roteiro e direção de Frank Darabont, diretor de filmes como “Um sonho de liberdade” e “À espera de um milagre”. A 1ª temporada terá seis episódios ao todo com o acompanhamento dos criadores do quadrinho.

Veja abaixo um dos trailers da série:

Estou aguardando com toda ansiedade pela série e espero que esse post tenha deixado algumas pessoas com uma vontade por devorar mais esse produto da cultura pop!